assinante_desktop_cabecalho

Quem financia a arte escatológica da esquerda? (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Com toda sua experiência em cultura, a cineasta Claudia Bermann não tem medo de afirmar: não existem só artistas de esquerda, que são beneficiados nas panelinhas ideológicas, existem também os empresários de esquerda, o que pode ser bem pior, afinal, são eles que financiam os projetos culturais:

“Quem são os empresários que financiam aqueles projetos que todo mundo reclama e ninguém quer ver? Essa arte escatológica, esse lixo?! Quem são estas pessoas que estão financiando alguns projetos, enquanto muitos outros morrem, são arquivados? Eles têm o poder de captar, mas não têm financiamento. Todo mundo reclamou da Netflix no caso do Porta dos Fundos, porque exibiu o vídeo... Mas quem financiou o filme, você sabe disso? Está na Ancine! Eles captaram R$ 3.549.999, 99 em leis de incentivo, entre 2015 e 2017. Para financiar, os empresários têm que ler o projeto. Não estamos lidando apenas com artistas de esquerda, estamos lidando com empresários também”, ressaltou Claudia, em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online.

Apoio à Regina Duarte na Secretaria de Cultura

Assim como outros artistas, que não mamaram nas leis de incentivo, Claudia está animada com a chegada de Regina Duarte à Secretaria de Cultura.

“Foi uma indicação excelente. Nós sabemos que será um desafio muito grande, mas nós, artistas, fizemos um apoiamento à Regina e foi ótimo porque o vídeo viralizou, inclusive, o Jornal da Cidade Online divulgou, fiquei muito feliz [Veja o vídeo citado pela cineasta: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/18424/artistas-que-nunca-mamaram-na-lei-rouanet-gravam-em-apoio-a-regina-duarte-veja-o-video]. Nós somos conversadores, nesse grupo tem artista que quer fazer arte de verdade e a gente está apostando muito nela”, destacou Claudia.

Evento vai reunir conservadores em São Caetano no Sul, São Paulo, em março

A cineasta também está à frente do III Simpósio Conservador Pró-Américas, que será realizado nos dias 27 e 28 de março, em São Caetano do Sul. De acordo com Claudia, reunir os conservadores é muito importante para fortalecer a direita no Brasil. “Haverá um ciclo de palestras e um networking entre empresários e políticos. A união faz a força. Se valorizarmos momentos como esse, a tendência é fortalecer o governo, ao invés de ficar um contra o outro, temos que esquecer isso, porque nosso partido é o Brasil”, completou.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar