Dilma e Lula colocam em prática o ‘plano B’ para manter o PT no poder em 2018

O PT não quer largar o osso...


Em 2007, com habilidade, Lula iniciou a construção de sua sucessora, firmando na pessoa da então ministra Dilma Roussef o rótulo de ‘gerentona’ e a fama de ‘mãe do Pac’.

A ‘nova Dilma’, que começou a ser preparada para 2018, como opção para a eventualidade da inviabilização de uma nova candidatura de Lula, não usa saias, usa barba como Lula, é tido como extremamente habilidoso politicamente e teve uma experiência vitoriosa como governador em dois mandatos na Bahia, maior colégio eleitoral do Nordeste e quarto maior do País, além de ter conseguido de forma surpreendente eleger o seu sucessor.

O atual chefe da Casa Civil Jacques Wagner é o plano B.

Wagner já começou a conceder entrevistas, fazer declarações públicas e a escrever em suas redes sociais incorporando os papéis de porta-voz do governo e uma espécie de voz da consciência do PT.

O projeto – Plano B, já que o A continua sendo o retorno de Lula – já foi abraçado por Dilma.

De qualquer forma, a tarefa de Wagner é extremamente complicada, bem diferente da que foi entregue a Dilma na sucessão de Lula.

O estrago já feito pela Lava Jato e o que ainda poderá acontecer, pode inviabilizar totalmente qualquer tipo de plano.

da Redação

                                                       https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política