Decisão do STF assegura a impunidade e faz o país perder milhões

O novo entendimento criado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que favorece diretamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabelecendo uma nova ordem de apresentação de alegações finais, privilegiando os réus delatados, além de beneficiar a impunidade de criminosos, começa a resultar em prejuízo direto para os cofres públicos.

A 3ª Vara Federal de Curitiba acaba de anular uma sentença da Lava Jato que previa a devolução para a União de R$ 380 milhões.

A Mendes Júnior Trading e Engenharia e dois executivos da empresa conseguiram reverter a sentença de uma ação de improbidade administrativa proposta pela força-tarefa da Lava Jato.

Assim, o processo volta para a fase de alegações finais e a decisão que condenou ao pagamento da indenização está anulada.

Noutras palavras, os réus ficam livres e com dinheiro no bolso.

Fonte: Revista Crusoé

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários