Para Maia foi correta decisão da Câmara que permitiu "deputado corrupto" voltar ao cargo (veja o vídeo)

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou em entrevista que achou “correta” a decisão da Câmara que derrubou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), contra o deputado, Wilson Santiago.

O parlamentar havia sido afastado pelo STF por suspeitas de corrupção passiva e organização criminosa por supostamente ter desviado recursos destinados à construção da adutora Capivara no Sertão da Paraíba.

Na quarta-feira (5) o plenário reverteu a decisão do por 233 votos a 170.

“O ambiente correto é o Conselho de Ética ou a própria condenação, se comprovada a participação dele, no Supremo Tribunal Federal (STF) . Não é, no nosso ponto de vista, no ponto de vista da maioria do plenário, o caso de afastamento, já que a denúncia já foi oferecida", salientou Maia.

O presidente da Câmara ainda tentou amenizar a sua declaração.

“É muito grave, de fato é muito grave, o Conselho de Ética vai se debruçar e vai tomar uma decisão sobre o caso do deputado Wilson Santiago. [...] Ninguém está dizendo que não é grave, ninguém está dizendo que não constrange”, disse Maia.

Maia constrangido? Alguém acredita?

Confira:

da Redação

Comentários