assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Deputado detona UNE por impeachment de Weintraub e reitera desafio por exame toxicológico (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A União Nacional dos Estudantes (UNE) declarou seu apoio favorável a tentativa da esquerda de impeachment do ministro da Educação Abraham Weintraub. Deputados liderados por Tabata Amaral e com a aval do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, apresentaram o pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O motivo alegado é crime de responsabilidade.

O deputado federal, Filipe Barros, não perdoou a atitude antidemocrática dos parlamentares e repudiou o apoio da UNE no caso. Através de suas redes sociais o deputado rebateu os esquerdistas.

“Pedido encabeçado pelo bilionário [Jorge Paulo] Lemann, o [George] Soros brasileiro, que se utiliza de seus tentáculos na Câmara. Mais uma vez, a esquerda sendo usada como camisinha de bilionários para estuprar a população”, escreveu o deputado.

Filipe, fez parte da UNE em 2012 e afirmou que são “maconheiros e vendiam drogas dentro da Universidade Estadual de Londrina (UEL)".

Em dezembro de 2019, quando Weintraub estava prestando esclarecimentos à Câmara, o deputado criticou a UNE e fez um desafio a todos os integrantes que estavam na Casa.

“Deixo aqui um desafio: esses que estão aqui (UNE), vamos sair daqui e fazer o exame toxicológico agora. Não passa ninguém no toxicológico”, disse Filipe.

Confira o desafio feito pelo deputado:

O parlamentar relembrou nesta sexta-feira, 07, o desafio proposto.

“A propósito: até agora a UNE não aceitou meu desafio: bora fazer um exame toxicológico? Quando lancei o desafio, saíram todos correndo”, exclamou o deputado.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários