Conheça a deputada que mais lutou por pautas conservadoras em 2019 (veja o vídeo)

Chris Tonietto (PSL-RJ) não tem medo de falar sobre sua fé. Pelo contrário, ressalta o amor que tem a Cristo, inspirando aqueles que ouvem suas palavras.

Em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online, ela contou sobre o trabalho que vem realizando na Câmara dos Deputados.

“Gosto de me apresentar, antes de ser deputada, como serva, como uma católica que está a serviço do povo brasileiro. Fui eleita democraticamente para bem servir à sociedade, eu costumo dizer que o objeto da política é o bem comum. Minhas pautas prioritárias são as pautas pró-vida, pró-família, de combate à corrupção e ao ativismo judicial, sem prejuízo de outras pautas, dando prioridade a questões como segurança pública, educação e valorização da saúde”, ressaltou.

Cristãos não vão se calar por conta da perseguição

A deputada comentou também sobre o aumento de ataques a cristãos e judeus.

“Vivemos hoje, sim, sob a égide de uma cristofobia. Parece que os cristãos não podem levantar suas vozes para defender nada, são sufocados, calados, amordaçados. Por exemplo, a criminalização da homofobia foi uma mordaça que quiseram colocar exatamente nos cristãos, sendo que nós somos a maioria do povo brasileiro. Se estão esperando que voltemos para as catacumbas, sinceramente, cada vez mais lutaremos, mesmo que tenhamos que passar pelo martírio da ridicularização, a exemplo de santos e mártires, que sempre empunharam o escudo da fé, não só para defender a fé, mas como para bem vivê-la”, frisou.

Não à legalização do aborto

Em 2019, Chris Tonietto confrontou o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, no que diz respeito à legalização do aborto e o episódio teve grande repercussão. Para a parlamentar, é importante preservar a competência e a soberania do parlamento brasileiro.

“Nesta casa legislativa já tivemos inúmeros projetos de lei que tentaram legalizar o aborto e foram sepultados aqui dentro. Com todo respeito, quem é o ministro do STF para contrariar a vontade da maioria do povo brasileiro?”, questionou a deputada.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários