A polícia precisa revelar o nome do político dono do sítio em que o miliciano foi morto na Bahia

Uma ação da polícia da Bahia culminou com a morte do ex-capitão Adriano Magalhães da Nóbrega.

Adriano estava foragido e vinha sendo investigado havia cerca de um ano.

Ele foi encontrado num sítio em Esplanada (BA).

Segundo a polícia, Adriano era acusado de ser o chefe de um grupo criminoso formado por matadores de aluguel, que ficou conhecido como Escritório do Crime.

De acordo com reportagem do jornal O Globo, o sítio onde o ‘miliciano’ foi encontrado seria de propriedade de um político.

A polícia até o momento não revelou quem é esse político.

De quem é o sítio? Quem é o político que deu guarida a Adriano? De quem eram as armas encontradas no local?

Essa informações precisam vir à tona.

Vale ressaltar que a Bahia é governada pelo petista Rui Costa.

Fonte: O Globo

da Redação

Comentários