É hora de uma resposta firme para acabar com essa insana perseguição contra os ministros

O pseudojornalista Glenn Greenwald, que presentemente não é réu graças a proteção do ministro Gilmar Mendes, atacou de maneira sórdida o governo, notadamente o ministro Sérgio Moro, usando material roubado e manipulado.

Os servidores agora querem levar Paulo Guedes à Justiça e ao Conselho de Ética.

Na semana passada, parlamentares resolveram protocolar um pedido de impeachment contra o Ministro Abraham Weintraub.

Regina Duarte vem sendo vítima de constantes ataques.

São apenas alguns exemplos de ações da esquerda desonesta e da extrema imprensa para tentar inviabilizar o governo.

A ordem da 'bandidagem' é perseguir, coisa que nunca aconteceu nos governos anteriores, cujos ministros enveredaram no caminho da corrupção e da propina.

Querem a todo custo impedir o governo de governar.

Neste final de semana, o cafajeste do Marcelo Freixo foi ainda mais explícito.

Bradou para uma plateia de militantes:

“Temos que destruir o governo Bolsonaro”.

Parece que chegou a hora de uma atitude mais firme do próprio presidente Jair Bolsonaro.

Uma atitude mais enérgica. Uma resposta a altura.

Um comandante nunca abandona seus soldados.

O presidente precisa urgentemente expor toda a situação em cadeia nacional de rádio e televisão.

Se for pra marchar pra cima e acabar com essa patifaria, certamente contará com o apoio do povo que o elegeu.

Otto Dantas

Articulista

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários