Se os parasitas se ofenderam com o Ministro, os seus colegas se ofendem com os parasitas

Vou começar a chamar o Paulo Guedes de "Albendazol". Além de ministro, é um vermífugo fortíssimo. Em uma dose, incomodou todos os parasitas.

Balela que ofendeu todos os funcionários públicos. Só ofendeu os que sabem ser verdade.

Minha mãe, com 3 décadas de serviço público, não se ofendeu. É uma profissional exemplar e cumpre a sua função com responsabilidade. Conto nos dedos quantas vezes ela faltou, em todos estes anos. E todas as vezes por motivos absolutamente justificados. Já a vi sair para dar aula, no meio do inverno, com gripe que, confesso, eu não sairia da cama nem por decreto presidencial.

O problema é que o ministro "tocou na ferida". O serviço público é absolutamente inflado, justamente por causa dos parasitas. E dá-lhe assessores, assistentes, diretores, supervisores e "aspones" em geral.

E quem paga por isso? We, the people!

Atire a primeira pedra quem não conhece um professor que não ensina, um médico que não atende, um fiscal que não fiscaliza. Em TODAS as repartições existem parasitas. Não são todos, mas são MUITOS.

É imoral, para dizer o mínimo, um país com MILHÕES de desempregados, sustentar a estabilidade de emprego de concurseiros; sustentar o salário nababesco dos marajás.

É justo que, com o imposto dos trabalhadores, juízes gozem 60 dias de férias, com salários que chegam a atingir pornográficos 6 dígitos?

É justo que, com os impostos dos trabalhadores, ministros do STF se deleitem com iguarias e vinhos finos?

É justo que, com os impostos dos trabalhadores, médicos e enfermeiros fiquem "fazendo hora", além do necessário, em sala de descanso, enquanto pacientes se acumulam na sala de espera?

É justo que, com os impostos dos trabalhadores, professores usem o público cativo dos alunos para disseminar ideologias políticas?

Se os parasitas se ofenderam com o Ministro, os seus colegas se ofendem com os parasitas.

São os parasitas que destroem a moral do serviço público, são eles que fazem todos serem rotulados como incompetentes.

Paulo Guedes foi muito camarada. Os mamadores do Erário, pra mim, são piores do que parasitas. Estes, afinal, são apenas vermes irracionais, que não sabem fazer outra coisa. Os vagabundos do serviço público são LADRÕES, ESTELIONATÁRIOS. Têm plena consciência do que fazem e fazem de propósito. Encostam-se na estabilidade, embolsam o suado dinheiro dos contribuintes e orgulham-se disso. Afinal, o mundo é dos espertos. Não é mesmo?

"O melhor governo é aquele em que há o menor número de homens inúteis." (VOLTAIRE)

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários