assinante_desktop_cabecalho

Weintraub destroça senador DPVAT, que dá chilique em frente aos colegas (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na última terça-feira, 11, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi convocado para desmentir as fake news que criaram a respeito das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2019.

O ministro deu uma aula de conhecimento e desmentiu - como havia prometido - todas notícias falaciosas a respeito da prova e do sistema de ingresso via Prouni e Sisu.

Weintraub respondeu todos os ‘ataques’ de alguns senadores a altura e não deixou passar sequer um em branco. Visivelmente o senador que mais se ‘alterou’ - digamos assim - foi o famoso senador DPVAT, Randolfe Rodrigues.

Visivelmente incomodado com suas faltas de argumentos, Randolfe interrompeu o ministro algumas vezes durante a sua fala, por ter sido desmascarado.

Com seu tradicional Humor ácido, o ministro estava dizendo que o dinheiro roubado na época do PT - que não foi pouco - uma parte recuperada pela operação Lava Jato vai para investimentos na área da educação, como creches.

Randolfe interrompeu Weintraub, que rebateu:

“O senhor me permite terminar? Eu interrompi o senhor?”

O ministro ainda reiterou que os números apresentados pelo senador estavam “equivocados” e que ele deveria “ver direito” pois poderia estar se confundindo.

“[Sobre] os problemas passados: vou começar com 2011, pois o senhor (Randolfe) já era senador e que eu saiba o senhor não falou nada na época”, disse Weintraub.

Em mais um de seus cotidianos chiliques, o ‘fala fina’ - segundo Bolsonaro - pediu ordem, afirmando que o convidado deveria se comportar com ‘urbanidade’.

Randolfe Rodrigues é de fato um exímio esquerdista fanfarrão.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar