Moro tira a máscara do PSOL

Nesta quarta-feira (12), o ministro Sérgio Moro foi mais uma vez ofendido gravemente pelo deputado Gláuber Braga.

Um sujeito covarde, sem escrúpulos e, como disse o próprio Moro, “desqualificado”.

O deputado desqualificado agrediu o ministro classificando-o como “capanga de milícia”.

É o tipo de agressão que tem efeito inverso.

A sociedade conhece a estatura moral do ex-magistrado, o caráter firme e o patriotismo.

De qualquer forma, nada como dia após o outro.

A primeira atitude de Moro nesta quinta-feira (13) foi desmascarar o próprio Gláuber e o seu fiel parceiro de traquinagem, o infame Marcelo Freixo.

Disse o ministro:

“Não gosto deste jogo politico. Mas verdades precisam ser ditas. No projeto de lei anticrime, propusemos que milícias fossem qualificadas expressamente como organizações criminosas. Propusemos várias outras medidas contra crime organizado. O PSOL, de Freixo/Glauber, foi contra todas elas.”

Ponto final.

da Redação

Comentários