Bolsonaro responde ataques do Greenpeace sobre planos para Amazônia: "Greenpeace é um lixo!" (veja o vídeo)

Na manhã desta quinta-feira, 13, o presidente da República, Jair Bolsonaro, classificou a organização ambiental Greenpeace como “lixo”. Durante a saída do Palácio da Alvorada, questionado sobre a afirmação do Greenpeace de que o Conselho da Amazônia não dispões de metas ou orçamento, o presidente retrucou:

“O que é Greenpeace? O que é essa porcaria chamada Greenpeace? Isso é um lixo! Um lixo!” , exclamou Bolsonaro.

O Greenpeace é uma ONG ambiental com sede nos Países Baixos e com capítulos espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil.

A organização, supostamente, atua em questões relacionadas à preservação do meio ambiente e desenvolvimento sustentável, com curiosas campanhas dedicadas às áreas de florestas como a Amazônia. No entanto, a entidade já esteve envolvidas em diversas polêmicas relacionadas inclusive a provocação intencional de danos ambientais. Além disso, Patrick Morro, um dos co-fundadores do movimento há muito desligou-se dele alegando que o Greenpeace deixou de atuar na causa do meio ambiente para, na verdade, atendar à agendas políticas de esquerda. Desde então, o nome de Moore foi apagado do site da organização que hoje tenta negar que Moore teve um papel importante na sua criação.

Seu interesse pelo Brasil é no mínimo curioso.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários