Heleno ironiza encontro entre Papa e Lula: “Confraternizar com um criminoso é um exemplo de solidariedade a malfeitores”

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, comentou em suas redes sociais nesta sexta-feira, 14, o fato do líder da igreja católica, Papa Francisco, ter recebido o ex-presidiário Lula no Vaticano.

Heleno ironizou o fato e com acidez parabenizou o Papa pelo gesto de “compaixão”.

“Confraternizar com um criminoso, condenado, em 2ª instância, a mais de 29 anos de prisão, não chega a ser comovente, mas é um exemplo de solidariedade a malfeitores, tão a gosto dos esquerdistas”, escreveu o general.

O encontro entre Francisco e Lula causou um grande alvoroço na internet e o povo católico não aprovou a esdrúxula reunião.

Ao que tudo indica, o encontro teve teor político e não religioso.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários