Kajuru quer investigar corrupção de "bilhões" da CBF, mas Alcolumbre impede (veja o vídeo)

Com décadas de experiência no jornalismo esportivo, o senador Jorge Kajuru entende do tema como ninguém – e sabe inclusive dos podres que envolvem o futebol no Brasil.

Por isso, ele tem lutado no senado para levar adiante a CPI dos Esportes. Com mais de 40 assinaturas, a abertura da CPI era um caminho natural, mas o projeto esbarrou em um estranho pedido do presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

“Ele me chamou, na cadeira dele, durante uma sessão, e falou: ‘Esquece a CPI dos Esportes, que você criou, e tem mais de 40 assinaturas. Eu só aceito se começar a discutir o COB – o Comitê Olímpico Brasileiro. O futebol lá na frente a gente vê se pode ou não’. Eu desci, avisei o Romário e a Leila do Vôlei. Ela ficou revoltada, Romário subiu para falar com ele. Se existe algo que é um prato cheio de corrupção no Brasil é o futebol, chama-se CBF, que é uma empresa privada, os bilhões que ela ganha você não pode saber quantos são, o que se faz com esse dinheiro”, ressaltou o senador.
da Redação

Comentários