Juiz pega Lula no contrapé e petista terá que depor hoje

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva volta hoje a sentar no banco dos réus.

Lula bem que tentou escapar...

O interrogatório seria na semana passada, mas foi adiado a pedido de Lula em razão de sua audiência com o papa Francisco, no Vaticano.

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, aceitou o pedido de adiamento de Lula, mas o surpreendeu marcando a nova data para esta quarta-feira (19).

Lula é novamente acusado pela prática de um crime que já lhe rendeu duas condenações na República de Curitiba: corrupção passiva.

Em 2009, o governo do então presidente editou a Medida Provisória 471, que beneficiava empresas do setor automobilístico.

A acusação, porém, diz que a medida envolveu a promessa de pagamentos de vantagens indevidas a intermediários do esquema e a agentes políticos.

De acordo com a denúncia, Lula e o ex-ministro Gilberto Carvalho, que também é réu na ação, teriam recebido R$ 6 milhões em propina pela edição da Medida Provisória.

De fato, a malfadada MP 471 teve andamento atípico. Passou por três ministérios em menos de 24 horas e no dia seguinte foi publicada no Diário Oficial.

Tudo indica que o meliante petista caminha para a sua terceira condenação.

Lula estará novamente esquentando o banco dos réus hoje às 14h30.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários