Dono da empresa em que Hans River trabalhava confirma disparos para Haddad (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O que foi dito por Hans River Rio do Nascimento na malfadada CPMI das Fake News vai se consolidando como verdade irrefutável.

Na tarde desta quarta-feira (19), a CPMI das Fake News, na oitiva do dono da empresa Yacows, Lindolfo Antônio Alves Neto, este confirmou que o então candidato Fernando Haddad efetuou o envio de disparos de WhatsApp e não citou o nome de Jair Bolsonaro.

Vale ressaltar que, diferentemente de Hans River, Lindolfo não prestou compromisso de dizer a verdade.

De qualquer forma, vai caindo a carapuça do PT e da jornalista militante Patrícia Campos Mello, autora da falsa denúncia efetuada contra o então candidato Jair Bolsonaro, em 2018.

Veja o vídeo:

da Redação
Ler comentários e comentar