A retroescavadeira, o tiro em Cid Gomes e o ódio cego da esquerda por Jair Bolsonaro

O episódio de Cid Gomes e a reação da mídia e da Esquerda (extremista e “Centrão”) mostra o seguinte...

Depois do relativismo moral e relativismo cristão que vigora nesse século, que começou a ser construído com os filósofos existencialistas do final do século XIX, agora FOI IMPLANTADO NO BRASIL O RELATIVISMO JURÍDICO.

Doravante, um crime pode não ser mais crime; uma conduta ilegal pode não ser mais ilegal; e por aí vai. Tudo depende de quem estiver envolvido, ou do subjetivismo dos intérpretes dos fatos.

Agem assim em nome da defesa cega, fanática e idiotizada dos esquerdistas, por parte do sistema, e para fazerem valer seu ódio cego contra Jair Bolsonaro.

Isso tudo não vai acabar bem. O romano Ulpiano já dizia, há 2000 anos: “ubi societas, ibi ius” (“onde está a sociedade, eis aí o Direito”).

Quando perdermos a confiança nas leis e no sistema judiciário, entrará em vigor novamente a autotutela, que reduz o homem ao seu estado primitivo, com o exercício arbitrário das próprias razões.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários