Péssima administração do PT no Ceará, resulta em segundo pedido de "socorro" a Moro

A situação periclitante que vive o estado do Ceará é o reflexo da má administração do Partido dos Trabalhadores (PT).

Ante o estado de caos, o governador Camilo Santana foi obrigado a pedir novamente a ajuda do Governo Federal no combate a criminalidade, pois mais uma vez deixou a questão da segurança pública em segundo plano, algo comum nas gestões da esquerda.

A greve da polícia reivindicando melhores salários, culminou nos últimos dias com o estrondoso aumento do número de assassinatos no estado. Com a paralisação da segurança pública, em apenas dois dias foram registrados 51 homicídios no Ceará, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

Uma vergonha! E assim, não restou outra alternativa senão novamente pedir socorro ao ministro Sérgio Moro.

Vale relembrar que no começo de 2019, Moro teve que socorrer o estado administrado pelo PT, a pedido do governador, devido aos ataques criminosos contra ônibus e locais públicos.

Neste sábado (22), o próprio Moro confirmou que visitará o Ceará na segunda-feira (24). O ministro da Justiça estará acompanhado de Fernando Azevedo e Silva, ministro da Defesa, e André Mendonça, da AGU.

da Redação

Comentários