Escola de Samba ecoa a voz do crime organizado no Rio de Janeiro e põe Moro “enjaulado” (veja o vídeo)

A criminalidade está revoltada.

E resolveu expressar toda a sua indignação através de uma escola de samba.

Não é de hoje que o crime organizado financia boa parte do carnaval carioca.

Assim, quando se vê o presidente da República representado por um palhaço e o ministro da Justiça enjaulado, num desfile de uma escola de samba, percebe-se a absoluta inversão de valores e que o país finalmente está no rumo certo.

A escola representou a voz estribuchante do crime organizado.

Nada mais.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários