Bolsonaro é realmente um “palhaço”, que desperta a ira da imprensa militante e dos carnavalescos criminosos

Palhaço tem origem no italiano "paglia", que nada mais é do que a "palha". Material utilizado para encher as roupas dos primeiros comediantes deste gênero, os "Pagliacci".

Estes personagens surgiram durante o movimento da "Commedia dell'arte", que veio se opor à comédia erudita.

Os "Pagliacci" não interpretavam. Não criavam personagens. Cada artista era único. O próprio ator expunha suas ingenuidades, fragilidades e confusões. Tudo vinha da extrema sinceridade do artista.

Assim, então, mais do que buscar o sorriso, os Pagliacci expunham o óbvio que ninguém via. Com inocência despretensiosa, desnudavam e questionavam toda a hipocrisia da sociedade.

Bolsonaro, talvez, realmente seja um palhaço.

Um palhaço que, com seu jeito verdadeiro e original, se opõe à erudição dos canalhas e expõe imoralidade dos hipócritas.

Enquanto desperta a ira da imprensa militante e dos carnavalescos criminosos, o povo de bem sorri. E é isso que importa.

"Nunca espere condecorações por dizer a verdade." (TALEB, Nassim Nicholas)

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários