assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

É "Tempo de Aprender": MEC lança programa contra analfabetismo funcional (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Depois de décadas de governos de esquerda, o Brasil vem ocupando os posições mais baixas no ranking Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, o PISA. Para quebrar essa espiral negativa, o Ministério da Educação lançou o programa Tempo de Aprender. A cerimônia foi realizada no último dia 18/02.

Segundo Carlos Nadalin, secretário de Alfabetização do MEC, metade dos estudantes de 15 e 16 anos não pussuem nível básico em leitura. Isso significa que estão no nível de 1, ou menos, de uma escala que vai de 1 a 6 para medir o desempenho em leitura. Para Nadalin, isso é o resultado de um processo de alfabetização deficiente que afeta toda a trajetória escolar dos estudantes.

O Programa Tempo de Aprender visa capacitar justamente os professores e gestores do último ano da pré-escola e do 1º e do 2º ano do ensino fundamental, profissionais envolvidos diretamente com a alfabetização. Com base em evidências científicas e exemplos que deram certo no exterior, a meta é apoiar, aperfeiçoar e valorizar o trabalho deles.

Serão investidos R$220 milhões na formação pedagógica e gerencial de docentes e dos gestores, nos materiais e recursos didáticos e no acompanhamento da evolução dos alunos.

A implantação se dará por meio da adesão voluntárias de estados, municípios e Distrito Federal, que já podem manifestar interesse no site alfabetizacao.mec.gov.br. Será experimental em 2020 e expandido em 2021.

Está aí mais uma boa notícia, com enorme potencial de impacto positivo no futuro do Brasil, mas que a maior parte da imprensa não faz questão de divulgar.

Confira no vídeo o comentário sobre o sistema de ensino, a influência de Paulo Freire e do método sociocosntrutivista na formação de analfabetos funcionais.

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários