Guerra Cultural: Os estragos causados por Paulo Freire (veja o vídeo)

Entrevista com professor Gustavo Gayer – Parte 1

Em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online, o professor Gustavo Gayer, do canal Papo Conservador, explica os pormenores dessa verdadeira guerra cultural que vivemos atualmente. Ele está sempre nas rádios de Goiás debatendo com muita coragem com esquerdistas, sem medo de se posicionar. Confira alguns destaques da primeira parte desse bate-papo imperdível:

“Na medida em que você entende o que é comunismo, se torna uma missão lutar contra aquilo. E a partir do momento em que a gente entende Paulo Freire, tem que lutar contra isso. Ao invés de agregar e contribuir para o aprendizado dessa geração, ele parece que tem como objetivo - sempre disfarçado - emburrecer os alunos, e transformar os professores em ferramentas políticas de revolução cultural.”

“Acredito que metade do corpo docente das universidades e escolas tem como intenção, sim, essa revolução cultural, a propagação do ódio entre as classes sociais, entre grupos identitários.”

“Quando a pessoa fala que o comunismo não foi implementado da forma correta, esse é o discurso mais perigoso que existe, porque, lá dentro, tem um ditador pensando da seguinte maneira: ‘Porque, se fosse eu, e se fosse do meu jeito, aí teria dado certo. Eu teria matado um pouquinho mais, mas teria dado certo.’’’.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários