Deputado revela que extrema imprensa e oposição tramam eleição indireta para o ano que vem

O deputado federal e pastor evangélico Marco Feliciano, classificou como “histeria” a reação da oposição e da extrema imprensa sobre as manifestações programadas para o dia 15 de março.

Feliciano fez a declaração através de suas redes sociais na quarta-feira, 26.

O deputado afirma que o ‘barulho’ feito pelos opositores é mais uma fase de um plano para desgastar a imagem de Bolsonaro, visando um 'alucinógeno' impeachment.

“Não ganharam no voto e querem ganhar no tapetão! Quem não tem voto tem medo de povo!”, escreveu Marco Feliciano.

O pastor ainda salientou que a extrema imprensa e a oposição tramam uma eleição indireta para o ano que que vem.

Confira:

da Redação

Comentários