Bia Kicis desmente "fake news" de O Antagonista sobre as manifestações: “Foda-se essa narrativa de vocês”

A deputada federal Bia Kicis desmentiu O Antagonista nesta quinta-feira, 27.

O site afirmou em uma matéria que a deputada é quem está comandando a manifestação do dia 15 de março.

“Quem comanda a organização da manifestação do “foda-se” contra o Congresso Nacional, marcada para o próximo dia 15, é a deputada federal Bia Kicis”, disse O Antagonista.

Além disso o site ainda salientou que Bia Kicis mantém contato permanente com integrantes da falange bolsonarista na internet.

“Mais do que deputada bolsonarista, Bia Kicis tem interlocução direta com o presidente Jair Bolsonaro”, diz a matéria em questão.

Confira a Manchete:

Através de suas redes sociais a parlamentar não deixou barato e desmascarou a fake news criada pelo site.

“O que estará motivando O Antagonista a insistir que eu comando manifestação contra o Congresso? E ainda insistem na história de que tenho interlocução direta com o presidente. É pra insinuar que estou a pedido dele? Sou parlamentar e defendo o Congresso e a democracia”, escreveu a deputada.

Bia Kicis ainda salientou que o povo não gostou do que viu e ouviu no Congresso e por este motivo resolveu convocar manifestação para o dia 15 de março.

“A mídia surtou e muitos políticos também. Eu aderi ao chamado do povo que represento legitimamente no Parlamento. Querem nos calar? Acusam-nos de afrontar a democracia? Revogaram o art 5º, XVI, da CF?”, questionou a parlamentar.

Segundo a deputada, quanto mais a mídia insiste nessas mentiras, mais máscaras caem e o povo se sente mais afrontado. Bia Kicis tem certeza de que a manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro general Heleno “será linda, pacífica e passará a mensagem de que o povo está com o presidente”.

“Agora que já expliquei tudo direitinho, só falta dizer uma coisa: Foda-se essa narrativa de vocês”, finalizou a deputada Bia Kicis.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários