Arregão, Freixo leva dura de marido de Glenn e muda discurso (veja o vídeo)

Acabou a valentia de Marcelo Freixo. Bastou, para tanto, que o deputado David Miranda, marido do pseudojornalista Glenn Greenwald, lhe aplicasse uma vergonhosa reprimenda e ameaçasse tomar o seu lugar como candidato do Psol a prefeito do Rio de Janeiro.

Freixo, numa reunião petista, fez uma série de declarações entre as quais proferiu a bombástica frase “temos que destruir o governo Bolsonaro”.

O tom desvaraido, torpe e anti-democrático soou muito mal.

Miranda evidentemente não tem qualquer apreço pela democracia, mas, oportunista como o marido, e certamente seguindo o aconselhamento do próprio Glenn, aproveitou para detonar Freixo.

“Freixo não está condizendo com as diretrizes do PSOL. Ele foi para o Congresso do PT, e a fala dele foi sem consultar a base. Isso machuca a base, que tem opinião própria. Vou disputar contra o Freixo para mostrar que o Psol é raiz, é da militância, é dos protestos. A gente pode fazer aliança com todo mundo contra a barbárie do Bolsonaro mas nunca pode esquecer a nossa essência. A quem interessa o apoio de Lula no Rio? Acabar com o Psol. Lula tem alta rejeição aqui”.

Diante disso, em entrevista para a TV Jornal da Cidade Online, Freixo reapareceu bem mais ameno, dizendo que não disse o que disse. A "destruição" a que ele se referia passou a ser "dentro do campo democrático".

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários