A intrigante e providencial separação de Joice Hasselmann e Daniel França, na véspera de um escândalo

Uma bomba com efeitos ainda imprevisíveis estourou há poucos dias.

O médico neurologista Daniel França Mendes de Carvalho, marido da deputada Joice Hasselmann, mantinha um contrato com um hospital no interior do estado de São Paulo.

A empresa Nevro, cujo proprietário é França, foi contratada em novembro de 2018, para efetuar neurocirurgias necessárias no tal hospital.

O contrato reza que a Nevro deveria fornecer “profissional para o atendimento de cirurgias eletivas no centro cirúrgico três vezes por semana; neurocirurgião para visitas médicas diariamente; profissional para atendimento ambulatorial duas vezes por semana; além de coordenador e de neurologista para cobertura a distância 24 horas por dia”.

Entretanto, após quatro meses do início do contrato o hospital não realizou nenhuma neurocirurgia, embora os pagamentos estivessem sendo feitos.

Agravando ainda mais a situação, a denúncia relata que um paciente chegou a ser encaminhado ao hospital para uma neurocirurgia, mas não foi atendido e morreu.

Segundo o contrato, a Nevro recebeu quase R$ 600 mil no período.

O fato intrigante: uma semana antes da bomba estourar, a deputada Joice Hasselmann largou o marido.

A separação foi efetivada no dia 18 de fevereiro.

Tudo indica que Joice tomou a atitude para o escândalo não respingar nela.

A mulher parece ser de portadora de uma indescritível frieza.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários