assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Em 2010, Cid instalou limite de velocidade em viaturas: 50 km/h (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A crise na Segurança Pública que instalou-se no estado do Ceará parece ter chegado ao fim. A Polícia Militar (PM) reinvidicou melhores salários e melhores condições de trabalho. Nada mais que justo.

Nesta segunda-feira, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, publicou um vídeo em suas redes sociais afirmando que ninguém havia feito tanto pela polícia do Ceará do que seu irmão Cid.

Mais uma hipocrisia do coronel alcoólatra!

Cid Gomes foi atingido por dois disparos após tentar jogar uma retroescavadeira em cima de policiais e familiares que protestavam na cidade de Sobral, no Ceará.

“Ninguém na história do Ceará fez pela polícia o que nós fizemos”, disse Ciro.

A afirmação é no mínimo contraditória se levarmos em conta a tentativa de homicídio em massa praticada por Cid, que graças a polícia foi evitada.

Mas não bastando isso, em 2010, quando Cid Gomes era governador do estado, uma ideia imbecil foi implementada no Ceará. Viaturas policiais não poderiam ultrapassar mais de 50 km/h dentro de cidades, nem em caso de perseguição.

A decisão foi proposta pelo coordenador operacional do programa Ronda do Quarteirão e teve o aval de Cid. Somente após a decisão do Ministério Público Federal do Ceará (MPF-CE) que a vergonhosa iniciativa foi interrompida.

Como Ciro pode afirmar que ele e seu irmão fizeram ‘muito’ pela polícia?

Contra fatos não há argumentos. A Segurança Pública do Ceará sofre com governos esquerdistas há muito tempo e não tem condições de trabalho. A greve se justifica.

Confira o vídeo publicado por Ciro:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários