Moro comemora megaoperação de transferência de líderes de facções para presídios federais

Nesta terça-feira, 3, uma megaoperação para transferência de líderes de facções criminosas foi efetuada no Rio Grande do Sul (RS). Os criminosos foram transferidos para presídios federais.

A empreitada ganhou o nome de ‘Operação Império da Lei’ e fez a transferência de um total de 18 detentos com posição de liderança em facções criminosas.

A ação aconteceu em parceria entre o governo do RS e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJPS).

O governador Eduardo Leite, comemorou o feito em suas redes sociais.

“Há quase um ano sendo planejada, colocamos em execução desde as primeiras horas desta madrugada. [...] O RS não tolera o crime e garante o império da lei’, escreveu o governador.

A operação contou com a participação de 15 instituições mobilizadas para garantir o sucesso.

Leite salientou que ligou para o ministro do MJSP, Sérgio Moro, para agradecer o apoio na operação.

Sérgio Moro endossou o sucesso da operação.

“Ação conjunta do Governo Federal do presidente, Jair Bolsonaro, e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, do governador Eduardo Leite, para transferir lideranças de organizações criminosas para presídios federais, onde não mais poderão prosseguir enviando ordens para a prática de crimes”, informou o ministro.,

Moro ainda reiterou que autorizou o envio de agentes penitenciários, em força tarefa, para auxiliar o governo do RS a melhorar o controle sobre determinados presídios.

“Isolar lideranças criminosas, controlar as prisões e combater o crime, constituem o cerne das políticas anticrime do MJSP”.

Confira:

da Redação

Comentários