Com passaporte apreendido no Brasil, Ronaldinho Gaúcho usa documento falso e é preso no Paraguai (veja o vídeo)

O ex-craque Ronaldinho Gaúcho encontra-se nesta quinta-feira (5) detido e à disposição da polícia paraguaia em Assunção.

Acompanhado do irmão e empresário Roberto Assis, Ronaldinho entrou no país vizinho e se hospedou em um hotel na região metropolitana da capital usando um passaporte paraguaio falso.

A ordem de prisão já foi confirmada pelo ministro do Interior do Paraguai Euclides Acevedo.

“Vamos fazer cumprir a lei. Temos a informação de que ele tem documentação adulterada.”

Também foi preso o empresário brasileiro Wilmondes Sousa Lira, suspeito de ser o responsável por providenciar a documentação falsa aos irmãos.

O ex-craque e o irmão, por determinação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, tiveram os seus passaportes apreendidos devido ao não pagamento de uma dívida por dano ambiental em Porto Alegre.

Em 2015, os irmãos e a empresa Reno Construções e Incorporações foram condenados por construção ilegal de um trapiche, com plataforma de pesca e atracadouro na orla do Lago Guaíba, em área de preservação permanente, sem licenciamento ambiental. O valor das multas e da indenização chega a 8,5 milhões de reais e a sentença condenatória já transitou em julgado.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários