Marcos do Val sai em defesa de Gabriel Monteiro, aciona Moro e PF deve agir (veja o vídeo)

O senador Marcos do Val (Podemos), saiu em defesa do policial militar e YouTuber Gabriel Monteiro, e protocolou pedidos de apoio para manter a integridade física do PM.

Através de suas redes sociais, o senador em uma live expôs todas medidas cabíveis que tomou, assim que soube do caso.

O parlamentar entrou em contato com o próprio PM, que lhe colocou a par de toda a situação. Após o contato, Marcos ligou para o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e pediu providências.

Segundo o senador, o governador afirmou que é difícil que Gabriel não seja expulso da corporação devido “suas atitudes”.

Ao que tudo indica, Witzel não deu muita importância ao fato.

Os ministros Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), e Damares Alves (Direitos Humanos), foram acionados através de Marcos do Val, que pediu medidas de segurança para proteger a vida do YouTuber.

Segundo assessores de Moro, o MJSP já está trabalhando para proteger a vida de Gabriel e a Polícia Federal do Rio será acionada.

Todo esse imbróglio aconteceu depois da denúncia de Gabriel contra o coronel, Ibis Pereira, que teria ligações estreitas com a facção criminosa Comando Vermelho (CV). Ibis, segundo o soldado, teria sido visto no ‘coração’ do CV, conversando amistosamente com líderes da facção.

A represália veio fulminante. A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ) tirou o porte de armas, a farda e possivelmente irá expulsar Gabriel da corporação.

Agora o PM está à mercê do CV, que desferiu diversas ameaças de morte contra ele.

Se depender da iniciativa do senador isso não irá acontecer. Marcos do Val afirmou que não conseguiu nem dormir direito, devido a preocupação com Gabriel.

O parlamentar também pediu ajuda ao colega Flávio Bolsonaro, que se colocou à disposição para ajudar no que for preciso.

Como mensagem de apoio, Marcos do Val disse o seguinte:

“Gabriel, você está num tamanho muito maior [que a PMERJ]. [...] Sua missão agora é nacional, Deus fecha algumas portas, mas abre outras.”

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários