Todas as camadas da destruição implementadas por um esquerdista

No plano histórico, o esquerdista é um bárbaro lutando contra a civilização ocidental e os valores cristãos.

No plano cotidiano, o esquerdista é um escroque que se esconde na distorção da linguagem.

No plano espiritual, o esquerdista é uma pessoa conectada às trevas psicológicas e emocionais.

No plano intelectual, o esquerdista é um lunático retroalimentado por narrativas desconectadas da realidade.

No plano moral, o esquerdista é um ausente.

No plano político, o esquerdista é o elemento melhor talhado para as sinuosidades e os sons de guizo que precedem o bote.

No plano amoroso, o esquerdista é aquele que tenta aproximar o humano dos animais sem consciência.

No plano econômico, o esquerdista luta para a implantação de uma estrutura parasitária.

No plano cultural, o esquerdista mata a arte para criar objetos de propaganda de seu mundo sombrio, vendendo fezes mentais e lixos conceituais como se fossem pérolas.

(Texto de Marco Frenette)

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários