assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Colunista da Folha compara Dráuzio a Jesus Cristo e recebe resposta avassaladora

Ler na área do assinante

O filósofo, economista e colunista da Folha de S.Paulo, Joel Pinheiro, comparou em suas redes sociais o médico, Dráuzio Varella, e o maior símbolo do cristianismo no mundo, Jesus Cristo.

Neste domingo, o colunista de maneira sarcástica, satirizou a imagem de Jesus.

“Indignado por Dráuzio ter abraçado uma assassina pedófila? É que você ainda não viu o que Jesus fez…”, escreveu Joel Pinheiro.

Os internautas não perdoaram a infeliz publicação do colunista da Folha e o desmoralizaram nos comentários.

“ ‘Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles e disse: (...) Qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar.’ Jesus respondendo sua DEBILIDADE MENTAL”, respondeu a conta, Caneta Desesquerdizadora.

Confira:

Outro internauta enfatizou:

“Mas que comparação mais tosca e idiota! O estuprador se arrependeu do pecado, do crime? A cena toda é sensacionalista do começo ao fim. Não fala sequer do seu crime hediondo. Menos, Joel, bem menos... Dráuzio, o socialista, pode ser adorado por vocês de esquerda, mas não é Jesus!.”

Confira:

O também colunista e economista, Alan Ghani, detonou Joel.

“A diferença, Joel, é que Jesus não mentia, não omitia, não agia em nome de agenda LGBT e perdoava quando havia arrependimento (como o Constantino já colocou muito bem). Apelativa e burra essa comparação.”

Confira:

Veja a publicação de Joel Pinheiro:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários