Em carta Suzy tenta limpar barra da Rede Globo (veja o vídeo)

A advogada Bruna Castro, que representa a transexual Suzy de Oliveira na execução criminal de sua condenação pelo estupro, homicídio e ocultação de cadáver do garoto Fábio dos Santos Lemos, postou uma carta redigida de próprio punho pela sua cliente em seu Instagram, nesta segunda-feira (9).

A tentativa de vitimização é evidente.

Por outro lado, a carta cumpre a sua função de eximir o Fantástico e naturalmente o médico Dráuzio Varella, de qualquer conhecimento sobre sua vida pregressa e, consequentemente, dos crimes praticados.

“Venho dizer que nas entrevistas ao jornal Fantástico não me foi perguntado nada referente ao B O”.

Abaixo, a carta da Suzy:

A advogada também se manifesta num vídeo, dizendo que se compadeceu pela situação da cliente.

Infelizmente, a vítima e a família mais uma vez são esquecidas.

E a cantilena de a Globo não sabia de nada, não cola. Impossível, que uma matéria dessa magnitude fosse realizada sem que a produção do Fantástico tivesse tomado conhecimento de todos os fatos que envolviam a vida de sua ‘protegida’.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários