Vídeo mostra supostos assédios de Joe Biden a crianças e levanta suspeitas sobre o provável rival de Donald Trump (veja o vídeo)

Viralizou nas redes sociais um vídeo em que o pré-candidato à presidência dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, toma atitudes pouco ortodoxas e no mínimo suspeitas com crianças e adolescentes, mesmo sob os holofotes.

Joe Biden, foi vice-presidente de Barack Obama e atualmente é um dos pré-candidatos democratas à presidência para disputar o posto com Donald Trump.

O vídeo em questão é repugnante, vergonhoso e justifica o apelido que o democrata recebeu: “Creepy Joe”, ou “Joe nojento/assustador”.

O democrata é o "queridinho" da grande mídia americana, que desfere fortes ataques ao atual presidente Trump.

O candidato da esquerda já foi acusado de assédio sexual algumas vezes. A ex-deputada estadual, Lucy Flores, também democrata, foi uma das vitimas de ‘Creep Joe’. Segundo Flores, Biden a tocou e beijou seu cabelo enquanto ela se pronunciava durante uma campanha.

A ex-deputada afirmou que, pouco antes de subir ao palanque, sentiu duas mãos nos seus ombros e que o vice-presidente cheirou seu cabelo e lhe deu um longo beijo atrás de sua cabeça.

“Eu não conseguia me mexer e eu não podia dizer nada. Eu não queria nada além de Biden longe de mim”, contou a ex-deputada.

Confira o vídeo:

da Redação

Comentários