Bolsonaristas fora da CPMI das Fake News: Inocência x Poder Efetivo (veja o vídeo)

O preço de não saber o jogar o jogo do fisiologismo partidário é perder para quem sabe

Com a suspensão dos deputados bolsonaristas no PSL na Câmara Federal, começou o festival de retaliações do grupo alinhado com o cacique Luciano Bivar: os bolsonaristas foram retirados da CPMI das Fake News e substituídos por bivaristas.

Veja como os bivaristas são espertos: aproveitam a sede de poder da Joice e dão a liderança a ela, mas o poder efetivo continua com eles, que ficam na moita, preservados, na medida do possível, do desgaste perante o público de direita. A maior parte do desgaste gerado pelas retaliações a bolsonaristas ficará para ela.

Agora, todos os opositores de Bolsonaro estão livres para produzir um relatório final da CPMI das Fake News, que vai tentar cercear a liberdade de expressão.

O preço de não saber o jogar o jogo do fisiologismo partidário é ser subjugado por quem sabe.

Quem quer limpar os porões da política precisa estar preparado para lidar com ratos e insetos. Parem com esse “limpismo” enquanto é tempo. Ninguém faz faxina com roupa nova.

Confira no vídeo o comentário completo:

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

Comentários