Moro decreta expulsão de pedófilo norte-americano e comemora fim da leniência com criminosos estrangeiros

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, confirmou nesta terça-feira, 9, a expulsão do pedófilo norte-americano, L.A.S., condenado no Brasil pelo estupro de um adolescente e por crime de exploração de pornografia infanto-juvenil.

Moro afirmou que estrangeiros são bem vindos ao Brasil, entretanto, os que cometem crimes precisam ser expulsos após cumprir a pena.

No total, em 2019, o Ministério da Justiça decretou a expulsão de 1238 criminosos estrangeiros.

O número é muito diferente ao de governos anteriores. Em 2015, por exemplo, foram apenas 22 expulsões.

O ministro acredita que a lei para expulsão, extradição e deportação havia sido abandonada antes da chegada do atual governo,

“Hoje, decretamos expulsão de L.A.S, condenado por estupro e pornografia infantil”, comemorou o ex-juiz da Lava Jato.
da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários