Inescrupuloso, Boulos usa coronavírus para divulgar fake news sobre Cuba e fazer campanha ideológica

O ex-candidato à presidência da República pelo Psol, Guilherme Boulos, está espalhando nas redes sociais a falsa notícia de que Cuba produziu uma vacina que já curou cerca de 1500 pessoas do coronavírus.

Pura fake news. Já desmentida.

A primeira informação sobre a suposta vacina criada pelo país comunista foi publicada pelo blog espanhol, Colarebo, porém descobriu-se que os termos “vacina” e “cura” foram utilizados de forma equivocadas.

O que de fato aconteceu, segundo o R7, é que Cuba implementou o medicamento “Interferon alfa 2B” (IFNrec), que é na verdade um antiviral usado no tratamento da doença e não como vacina, como afirmou Boulos.

“Vacina contra o coronavírus utilizada na China foi produzida em Cuba. De tanto gritarem "vai pra Cuba" acabarão indo todos…”, escreveu o psolista.

Boulos se utilizou de uma pandemia para fazer campanha ideológica/política para o comunismo.

Falta de caráter.

Confira:

da Redação

Comentários