Coronavírus: Governo anuncia que aposentados receberão 13º antecipado e não precisarão fazer prova de vida

Ler na área do assinante

Nesta quinta-feira, 12, o Ministério da Economia anunciou uma iniciativa para beneficiar a parte da sociedade mais vulnerável ao coronavírus. A pasta a irá liberar uma parte do 13º salário aos aposentados e não exigirá a prova de vida.

Outras iniciativas estão sendo estudadas, porém nada confirmado até o momento.

"Neste momento crítico, mesmo diante do exíguo espaço fiscal, o Ministério da Economia buscará, em conjunto com a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, a realocação ágil de recursos orçamentários para que não falte suporte ao sistema de saúde brasileiro", diz a nota oficial.

O INSS vai pagar, em abril, a primeira metade do 13º salário de aposentados e pensionistas. No total, serão desembolsados R$ 23 bilhões pelo Governo Federal.

A prova de vida dos beneficiários será suspensa por 120 dias a partir de maio, levando a media a vigorar até meados de setembro.

Outras medidas, como reduzir juros do consignado, preferência tarifária do INSS para a classe aposentada e desembaraço aduaneiro (preferência na distribuição de medicamentos) já estão sendo estudadas pelo governo.

da Redação
Ler comentários e comentar