"Apologia as drogas", provoca modificação na classificação do programa de Fátima Bernardes

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) anunciou a retirada da classificação “livre” do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo.

A decisão foi assinada pela coordenadora de Política de Classificação Indicativa do MJSP, Patrícia Grassi Osório.

O programa agora será classificado como “não recomendado para menores de 10 anos”, por “apresentar violência e conteúdo sexual”.

O parecer aconteceu devido exibição do dia dia 23 de dezembro de 2019 da música “Verdinha”, da cantora Ludmilla.

A canção em questão faz alusão e apologia à venda, cultivo e uso de maconha.

De acordo com o MJSP, a análise da obra constatou atos como angústia, uso de arma com violência, conteúdo educativo sobre sexo e descrição do consumo de droga, entre outros temas, considerados “incompatíveis com a classificação livre”.

No prazo de 5 dias a emissora terá obrigatoriamente alterar o simbolo da classificação indicativo.

Entretanto, a decisão nesse primeiro momento, não obrigará a Globo a alterar o horário de exibição do programa.

Para Fátima Bernardes fica a reprovação de sua atuação num horário "livre".

Uma vergonha que teria sido evitada se a ex-mulher de Bonner tivesse sido um pouco mais sensata.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários