Huck usa coronavírus para criticar manifestações e é desmoralizado nas redes

O apresentador da Rede Globo e possível candidato à presidência em 2022, Luciano Huck, criticou as manifestações pró governo Bolsonaro que ocorreram neste domingo, 15.

Nas redes sociais, Huck repudiou a iniciativa favorável ao presidente, se utilizando, para tanto, drasticamente, do coronavírus.

“Quem sai na rua hoje pode estar matando alguns idosos daqui a algumas semanas”, escreveu o apresentador.

O global ainda afirmou que essas mesmas pessoas podem estar aumentando a probabilidade de virarem um “desempregado” em um futuro próximo.

Logo após a publicação, o Huck foi simplesmente desmoralizado:

“Faz assim então, disponibiliza seus jatinhos e seus carros para que a população não tenha que pegar metrô amanhã. Pague salário para o trabalhador ficar em casa, ai sim você é um cara coerente, caso contrário é só mais um oportunista lacrador”, detonou um internauta.

Confira:

“Globo Lixo, Sem vergonha e seu miquinho amestrado narigudo”, disse outro.

Confira:

Devido às respostas que levou, o global tentou amenizar o fato em outra publicação.

“Óbvio que não só hoje, no sentido literal. Hoje, amanhã, depois...e depois”, tentou argumentar Huck.

Segundo o pretenso 'candidato', enquanto as autoridades sugerirem isolamento social, as pessoas não devem sair às ruas.

“Mensagem para aqueles que só veem ódio em tudo, estamos falando para o bem de saúde de todos. Independente das ideologias e preferências políticas”, completou Luciano Huck.

Mero oportunismo!

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários