assinante_desktop_cabecalho

Paulo Guedes estuda desoneração de máscara cirúrgica, álcool em gel e outros produtos médicos e hospitalares

Ler na área do assinante

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, está estudando a possibilidade de desoneração de produtos médicos e hospitalares para conter a disparada de preços dos itens de combate a epidemia do coronavírus.

Bolsonaro foi às redes sociais para anunciar que o principal intuito é zerar os impostos sobre um total de 67 produtos, que vão da máscara cirúrgica ao álcool em gel.

“O ministro Paulo Guedes trabalha na desoneração de produtos médicos e hospitalares para conter a disparada de preços dos itens de combate a epidemia do coronavírus. Na prática, zerar os impostos sobre 67 produtos, que vão da máscara cirúrgica ao álcool em gel”, escreveu o presidente.

O chefe do Executivo ainda salientou que está avaliando uma possível nova liberação de saques do FGTS, e pretende retardar o recolhimento de impostos de empresas sobre folhas de pagamentos. A ideia é dar fôlego aos empresários, para não gerar mais desempregos durante o surto pandêmico.

Além deste leque de possibilidades estudadas pelo presidente, algumas medidas já foram anunciadas como a antecipação para abril de metade do 13º salário de aposentados e pensionistas e a suspensão por 120 dias da prova de vida para segurados do INSS.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar