Rodrigo Constantino desmoraliza críticos hipócritas de Eduardo Bolsonaro (veja o vídeo)

Na manhã desta quinta-feira, 19, o economista e comentarista político, Rodrigo Constantino, saiu em defesa do deputado federal, Eduardo Bolsonaro, e reforçou a tese levantada por parlamentares que questionaram a China sobre sua parcela de responsabilidade na pandemia causada pelo Coronavírus.

Constantino defendeu durante o programa Jornal da Manhã, da Jovem Pan, que a parceria comercial entre Brasil e China não pode ser impedimento para críticas ao país ditatorial, que , segundo acredita, tem culpa pela pandemia alastrada.

“Houve alertas de médicos, que foram presos, intimidados e não há liberdade de imprensa no país, isso tudo são fatos. Então a China tem culpa no cartório e deveria indenizar o resto do mundo”, disse com firmeza.

Constantino ainda relembrou que não entende todo o barulho feito pela esquerda ao comentário de Eduardo Bolsonaro, pois a mesma classe profere ataques ao regime americano - que é o segundo mair parceiro comercial do Brasil - quase diariamente e inclusive já chamaram o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, de fascista. Sendo que, o regime posto nos EUA é a democracia, diferente da China que vive uma ditadura há mais de 70 anos.

O economista salientou que outros parlamentares como Kim Kataguiri e Marcel van Hattem também criticaram o regime chinês e questionaram sua parcela de culpa no surto, enquanto Ciro Gomes - que tem associação ao PCC (Partido Comunista Chinês) - fica pedindo a cassação do deputado Eduardo Bolsonaro.

“A China é culpada. [...] Felizmente nós temos liberdade de imprensa e de expressão no Brasil, coisa que não existe na China”, finalizou Rodrigo Constantino.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários