Mandetta desmoraliza a Globo: “Isto também é parte da doença” (veja o vídeo)

A Globo efetivamente trabalha contra o país e parece realmente torcer pelo vírus.

Na coletiva deste domingo (22) até o próprio ministro da Saúde, o sempre ponderado e calmo Luiz Henrique Mandetta, perdeu as estribeiras e a paciência com a atuação ferina dos repórteres do maledicente grupo de comunicação.

Entre tantos assuntos importantes em discussão, a Globo, maliciosamente, pretendia saber quem era o fornecedor dos testes rápidos que seriam adquiridos em 10 milhões de unidades.

Mandetta imediatamente sacou a maldade da pergunta.

O interesse da Globo não é jornalístico, mas sim o de criar narrativa para atacar o governo.

A resposta foi dura:

“Não temos receio nenhum de fazer a compra. Estamos trabalhando com o TCU, com o MPF, com o STF, monitorando e pedindo autorização para a tomada de decisões que sejam a margem da lei de licitações”, disse o ministro.

Em seguida, Mandetta foi ao ataque, desmoralizante:

“Nós estamos em estado de emergência. Esse tipo de pergunta é dúbia. Isto também é parte da doença, porque faz com que os técnicos no Ministério da Saúde, que tem que assinar, exitem em assinar, com medo de ali na frente falarem, comprou o teste por um centavo ou por dez centavos a mais ou a menos.”

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários