A melhor resposta de Moro para Bulhões e Cia: o índice de revisão de suas decisões é de 3,8%

Já se sabe que a carta subscrita por 105 advogados tecendo críticas à condução da Operação Lava Jato - denominada de 'regime de supressão episódica de direitos e garantias verificado na Operação Lava Jato' - foi produzida pelo escritório do advogado Nabor Bulhões, que patrocina a defesa do bilionário empresário Marcelo Odebrecht. 
Logo após ver denegado mais um pedido de habeas corpus, desta feita pelo presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, Nabor Bulhões produziu a peça como mais uma estratégia da defesa, numa clara tentativa de tentar desmoralizar o juiz Sergio Moro.
O tiro saiu pela culatra. 
Após obter amplo apoio de diversos setores da sociedade, incluindo entidades representativas da Magistratura, Ministério Público e delegados de polícia federal, a divulgação dos números dos trabalhos desenvolvidos pelo Juiz Moro representam a melhor resposta para Nabor Bulhões, Odebrecht e o grupo de advogados que também assinou a tal carta.
O índice de revisão  das decisões do juiz Sérgio Moro na Lava Jato é de menos de 4% (cerca de 3,8%) do total de habeas corpus e recursos de habeas corpus ajuizados pelas defesas na Justiça de segundo grau e nas cortes superiores. 
Desde o início da operação, em março de 2014, até meados de janeiro deste ano, foram ao menos 413 recursos apresentados pelas defesas. Deste total, somente dezesseis reclamações dos defensores foram concedidas total ou parcialmente e 313 (76%) negadas. Cerca de 85 habeas corpus ainda estão em trâmite (incluindo algumas decisões que foram alvo de recursos).
Sem dúvida, uma performance impecável.
da Redação

                                             https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça