Polícia indicia empresário vitimista por mentir e criar pânico em redes sociais sobre o Coronavírus (veja o vídeo)

A polícia civil do Espírito Santo indiciou o empresário Rony Norte de Jesus, dono de um restaurante em Vitória (ES), por divulgar em suas redes sociais um vídeo onde se diz infectado pelo coronavírus.

Nessa postagem, que emocionou muita gente, o empresário se diz contaminado, dá vários conselhos e pede para as pessoas tomarem cuidado.

Em certo momento ele até chora, dizendo estar com medo de morrer.

O problema é que Rony não está contaminado pelo Coronavirus; ele teve sim um mal estar e foi atendido em um hospital particular.

Acontece que o vídeo viralizou e chegou até o celular de Breno Andrade, um delegado da polícia civil, que resolveu investigar o caso.

Para surpresa geral, descobriu-se o empresário não estava contaminado.

O delegado então resolveu indiciar o comerciante por espalhar pânico entre a população através de informações falsas.

Confira o vídeo:

Everson Leal

Radialista

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários