Dias Toffoli “sentencia”: ‘O Brasil não pode parar’

Parece inacreditável, mas o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, meio que desconfortável, tangenciando e mudando “nomenclaturas”, parece ter aderido a tese que vem sendo defendida insistentemente pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Costumo dizer que nem é a questão horizontal nem é a questão vertical, vai chegar um momento em que vamos precisar sair pela diagonal”, afirmou Toffoli.

A entrevista do ministro foi concedida ao site jurídico Jota.

“Toffoli entende que o isolamento social é necessário, mas pondera que ‘o país não pode parar, é preciso ter o abastecimento, a produção agrícola, o medicamento chegando às farmácias’. ‘Para que atividades essenciais não parem, é preciso do transporte de pessoas, seja o municipal ou intermunicipal’, afirmou.

O ministro também avalia que ‘para o sistema de saúde funcionar, é preciso manter o funcionamento dos serviços essenciais da sociedade, e a decisões do STF têm sido nessa linha’.”

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários