Major Olímpio protocola dois pedidos de impeachment contra João Dória

Um dia após revelar sua satisfação por ter recebido os afagos do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, o governador de São Paulo, João Dória Júnior, é surpreendido com uma notícia amarga, mas extremamente merecida.

O senador Major Olímpio, inimigo ‘mortal’ de Dória, protocolou dois pedidos de impeachment contra o mandatário paulista.

O primeiro junto ao Presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, por Crime de Responsabilidade.

O segundo junto ao Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Gianpaolo Smanio, por ato de Improbidade Administrativa.

O crime de responsabilidade, que embasou o primeiro pedido, está consubstanciado no bloqueio do acesso à rua onde Dória reside, mobilizando efetivo da Polícia Militar, para impedir a realização de protestos contra a sua nefasta gestão.

“Com este ato, João Dória, não só praticou ato de abuso, com desvio de finalidade, contra o interesse público e de forma imoral, pois desviou dezenas de policiais para o seu capricho pessoal, mas também violentou a população local, impedindo a livre circulação sem nenhuma determinação judicial”, disse o senador.

Para o segundo pedido, a atitude ilícita apontada contra o governador configura desvio de finalidade e abuso de poder, ante a determinação de que um Helicóptero modelo Agusta, Águia 32, que serve a população no policiamento florestal, tanto para prevenir, quanto para reprimir a prática de atos criminosos e realizar resgates, fosse, por capricho pessoal , colocado numa oficina e sofresse toda a transformação para o seu uso pessoal.

da Redação

Comentários