assinante_desktop_cabecalho

Finalmente, procurador eleitoral dá parecer favorável pela extinção do PT

Ler na área do assinante

Algo que certamente já deveria ter acontecido há muito tempo. O vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Goés, deu parecer favorável a um processo que pede o cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores.

A ação tem como base depoimentos colhidos pela operação Lava Jato contra o partido.

Esses depoimentos demonstram de maneira inequívoca que o partido recebeu recursos ilícitos de origem estrangeira, o que viola o inciso I do art. 28 da Lei dos Partidos Políticos.

Cara de pau, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, manifestou-se com histeria sobre o parecer do procurador.

“É ultrajante e fantasiosa a admissibilidade pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés de pedido para cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores junto à Justiça Eleitoral.
Não há provas e nem indícios de que o PT tenha recebido recursos oriundos do exterior, o que nunca aconteceu. A decisão é arbitrária e política, sem amparo em fatos ou na realidade.
O pretexto usado pelo MP Eleitoral é irreal. Mais uma vez temos o lawfare — o uso do direito e do sistema jurídico contra o inimigo — para perseguir os adversários do regime e do atual presidente.”

Vamos aguardar o desenrolar da ação.

Que a Justiça prevaleça e este seja o fim dessa Organização Criminosa travestida de partido político.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar