Gradativamente, cai a conspiração em favor do pânico

486 mortes até agora, 5 de abril.

Disseram há umas duas semanas atrás que até 6 de abril teriam quase 6.000 mortes.

E ainda falaram que eram “dados da ABIN”, para dar credibilidade à notícia.

E agora?

Será que dá tempo de o vírus levar mais de 5.000 brasileiros desta para melhor até amanhã?

Aliás, cadê aquele especialista que fez a previsão de 1 milhão de mortos? Tudo bem que ele disse que seria até agosto, mas como estamos em abril, são necessários 250.000 mortes por mês.

O que falta no Brasil é uma lei penal que estabeleça que PASSA A SER CRIME disseminar pânico perante a população ou a opinião pública, punível com reclusão de 3 a 5 anos, por exemplo.

Comentários