assinante_desktop_cabecalho

Me irrita essa frase “estamos no mesmo barco”... Não, não estamos!

Ler na área do assinante

Estamos sim na mesma tempestade, mas não no mesmo barco. O meu barco pode afundar e o seu não, ou vice-versa.

Para alguns a quarentena tá sendo ótima! Momento de reconexão... trabalho tá desacelerado, etc

Para outros tá sendo uma crise!

Para outros uma paz, tempo de descanso com pipoca, wifi e netflix.

Para outros, tempo de tortura: “como vou pagar minhas contas?!”

Alguns estão preocupados com qual ovo de Páscoa vão comer hoje... Kinder ou Lacta...

Outros estão preocupados se vai ter pão na mesa até o final da semana... se o arroz e o feijão serão suficientes.

Alguns estão no home office na fazenda... outros estão catando lixo pra sobreviver.

Alguns querem voltar a trabalhar porque não tem mais dinheiro.

Alguns querem matar quem quer voltar trabalhar, porque já possuem uma reserva e não precisam se preocupar com isso.

Uns estão com Fé em Deus que veremos muitos milagres ainda em 2020.

Outros dizendo que o pior nem chegou.

Então... Não, amigo! Nós não estamos no mesmo barco. Estamos passando pelo mesmo momento, mas com percepções, experiências e necessidades COMPLETAMENTE diferentes. Sairemos cada um de um jeito desta tempestade e alguns nem vão sair.

Por isso, neste momento é muito importante enxergar além do que se vê. Enxergar além de partido político, além de religião, além do próprio umbigo... não menospreze a dor do outro porque você não a sente, não julgue a vida boa do outro porque você não sabe o que ele passou pra chegar lá... simplesmente não julguem!

Julguemos menos. Tanto o que não tem, quanto o que tem de sobra. Tanto o que quer voltar trabalhar, quanto o que quer ficar em casa.

Estamos no mesmo mar, mas em barcos diferentes! Então... fale por você!

(Autor Desconhecido)

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar